Bacharelado em Enfermagem

Coordenador do curso: Anthunes Ambrósio Cavalcante

E-mail: anthunesnutri@gmail.com

Objetivo Geral

Formar Profissionais de Enfermagem, em nível de graduação, competentes, críticos e comprometidos com o projeto ético-político da profissão, capacitados de maneirageneralista no cuidado e nas suas dimensões (gerenciamento, pesquisa e atendimento a comunidade), bem com capacidade de empreender em sua área e cientes de seu papel frente às necessidades sociais, ambientais, políticas e culturais.

Áreas de Atuação

Assistência: estes profissionais podem prestar assistência de enfermagem na área hospitalar, em clínicas e outros serviços como, empresas, repartições públicas e estádios de futebol.

Docência: os enfermeiros também desenvolvem atividades de ensino em cursos de enfermagem de nível médio/técnico e ainda podem ser professores de ensino superior nas universidades.

Gestão: nesta função se encontra: os gestores em nível estadual, municipal (secretários de saúde e coordenadores de programas), os gerentes dos serviços de enfermagem das unidades hospitalares, como por exemplo: Centro Cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva, Serviço de Hemodiálise, Pronto Socorro e demais unidades dos hospitais e outros serviços como, por exemplo, dos Centros e Unidades Básicas de Saúde e das Equipes da ESF – Estratégia Saúde da Família, bem como dos próprios negócios empreendidos no que tange a área privada do cuidado e assistência em Enfermagem.

Pode ainda o enfermeiro exercer funções como: diretor de hospitais e de Centros de Ciências da Saúde das Universidades.

Este é apenas um demonstrativo do leque de campos em que o enfermeiro pode atuar, desenvolvendo diversas atividades.

As atribuições do profissional enfermeiro são amparadas pela Lei do Exercício Profissional:

É privativo do Enfermeiro:

  • Direção do órgão de Enfermagem integrante da estrutura básica da instituição de saúde, pública, privada, e chefia de serviço e de unidade de enfermagem;
  • Organização e direção dos serviços de Enfermagem e de suas atividades técnicas e auxiliares nas empresas prestadoras desses serviços;
  • Planejamento, organização, execução e avaliação, dos serviços da assistência de enfermagem;
  • Consultoria, auditoria, e emissão de parecer sobre matéria de enfermagem;
  • Consulta de enfermagem;
  • Prescrição da assistência de enfermagem;
  • Cuidados diretos de enfermagem a pacientes graves com risco de vida;
  • Cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica e que exijam conhecimentos científicos adequados e capacidade de tomar decisões imediatas.

Como integrante da equipe de saúde:

  • Participação no planejamento, execução e avaliação da programação de saúde;
  • Participação na elaboração, execução e avaliação dos planos assistenciais de saúde;
  • Participação em projetos de construção ou reforma de unidades de internação;
  • Prevenção e controle sistemático da infecção hospitalar, inclusive como membro das respectivas comissões;
  • Participação na elaboração de medidas de prevenção e controle sistemático de danos que possam ser causados aos pacientes durante a assistência de Enfermagem;
  • Participação na prevenção e controle  das doenças transmissíveis em geral e nos programas de vigilância epidemiológica;
  • Prestação de assistência de enfermagem à gestante, parturiente, puérpera e ao recém-nascido;
  • Participação nos programas e nas atividades de assistência integral à saúde individual e de grupos específicos, particularmente daqueles prioritários e de alto risco;
  • Acompanhamento da evolução e do trabalho de parto;
  • Execução e assistência obstétrica em situação de emergência e execução do parto sem distorcia;
  • Participação em programas e atividades de educação sanitária, visando a melhoria de saúde do indivíduo, da família e da população em geral;
  • Participação nos programas de treinamento e aprimoramento de pessoal de saúde, particularmente nos programas de educação permanente;
  • Participação nos programas de higiene e segurança do trabalho e de prevenção de acidentes e de doenças profissionais e do trabalho;
  • Participação na elaboração e na operacionalização do sistema de referência e contra referência do paciente nos diferentes níveis de atenção à saúde;
  • Participação no desenvolvimento de tecnologia apropriada à assistência de saúde;
  • Participação em bancas examinadoras, em matérias específicas de enfermagem, nos concursos para provimento de cargo ou contratação de enfermeiro ou de pessoal Técnico em Enfermagem.
Estrutura Curricular

COMPONENTES CURRICULARES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM – FRJ

Anatomia Humana

Atividades Complementares I

Atividades Complementares II

Atividades Complementares III

Atividades Complementares IV

Atividades Complementares VI

Bioestatística

Bioquímica

Biossegurança e Responsabilidade socioambiental

Citologia e Histologia

Disciplina Optativa I

Disciplina Optativa II

Educação e Saúde

Enfermagem Comunitária

Enfermagem em Doenças Transmissíveis

Enfermagem e o Paciente Crítico

Enfermagem em Saúde Mental

Enfermagem Perioperatória

Empreendedorismo

Epidemiologia

Estágio Curricular Supervisionado I

Estágio Supervisionado II

Farmacologia

Filosofia, Ética e Bioética

Fisiologia e Biofísica

Fundamentos de Direito e Direitos Humanos

Fundamentos de Parasitologia

Fundamentos em Processos de Cuidar em Enfermagem

Fundamentos de Psicologia e Saúde

Genética Humana e Embriologia

Gestão de Enfermagem em Unidades de Saúde

História e Introdução à Enfermagem

Informática Aplicada

Leitura e Produção de Textos

Metodologia da Pesquisa

Microbiologia e Imunologia

Nutrição em Enfermagem

Patologia Geral

Processo de Cuidar do Recém-nascido

Processo de Cuidar na Saúde do Adulto e do Idoso

Processo de Cuidar na Saúde da Mulher

Processo de Cuidar na Saúde da Criança e do Adolescente

Projeto Interdisciplinar I

Projeto Interdisciplinar II

Projeto Interdisciplinar III

Projeto Interdisciplinar IV

Saúde Coletiva

Semiologia e Semiotécnica da Enfermagem

Sociologia e Relações étnicas

Trabalho de Conclusão de Curso I

Trabalho de Conclusão de Curso II

DISCIPLINAS OPTATIVAS

Enfermagem na Assistência Domiciliar 

Enfermagem em Dependência Química

Enfermagem em Oncologia

Enfermagem em Saúde Indígena         

Fundamentos em Tanatologia

LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais 

Processo de Cuidar na Saúde do Trabalhador

 

DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA

 

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 900    horas/aula
ATIVIDADES COMPLEMENTARES 120    horas/aula
DEMAIS DISCIPLINAS 3.480 horas/aula
Total 4.500 horas